De argila e pó

Ai de mim que sou assim
 
 barroco,
mesopotâmico,

Foto e arte de Bruno Pelego

Foto e arte de Bruno Pelego

rupestre,
feudal:
Idólatra do amor;
daquilo que é incerto,
cru,
nu,
a flor da pele;
a flor do campo,
a flor do vaso
que vaze pelos cantos
pelos meios
pelos seios
pela boca
já que sou
tudo aquilo que
ninguém quer
que eu seja,
– no entanto –
me
convém
ser

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: